O que você precisa saber sobre esse movimento!

Não é à toa que as mulheres se queixam do seu peso e muitas continuam buscando em ter um corpo escultural. A mídia por muito tempo ressaltou a definição do modelo de mulher bonita: magérrimas, jovens, brancas e esse foi o padrão de consumo de beleza que se instaurou por décadas e oprimiu aquelas que não se encaixavam.
Ficar de fora sempre foi uma dor muito grande para nós humanos, a dor de não pertencer. Por isso, muitas mulheres fazem muitas coisas para pertencer, para se sentirem amadas, chegando até em desrespeitar seu corpo e negligenciar seu amor próprio.
Essas construções de modelos rígidos estão chegando ao fim e é fundamental que todos nós nos dedicamos em abrimos nossa mente para ver que a diversidade é parte natural da nossa constituição.
O movimento body positive traz a mensagem de ressaltar e valorizar a beleza tal como ela é: autêntica, diversa e com muitos tons e curvas.
A moda revela o modelo mental da nossa sociedade e é extremamente importante incorporar em nossa cultura que podemos nos admirar e nos valorizar pelo que somos e não pelo ideal de nós.
Body positive tem a ver com amor próprio e com auto respeito. É parar de brigar com as formas do seu corpo e aceitá-lo. Isso gera harmonia interna e dessa forma passa a se sentir melhor e mais livres para fazer o que quer.
É a versão real da vida e não a versão fotoshop das capas de revistas. Esse novo cenário de beleza inclui todas as belezas e todos os estilos e cada um faz a sua escolha de como se sente melhor.
Algo que chama sempre a minha atenção quando falamos sobre quebra de padrões é a diferença entre se amar do jeito que é que não tem nada a ver com abandono e acomodação. É muito valioso ressaltar que os cuidados, a boa alimentação e as atividades física fazem bem ao corpo e isso sempre é muito bem-vindo. É muito diferente uma pessoa que está de bem do seu corpo, independente do seu peso se sente livre para fazer o que te traz alegria de uma pessoa que acaba abandonando seus cuidados acarretando diversas complicações pelo sobrepeso.
O Body positive é ter uma autoimagem do seu corpo positiva e estar bem consigo, sem mais ficar encarcerada a um padrão.
Quando mais você se sente bem com o seu corpo, mais disposição tem e com isso passa a ser um prazer cuidar de si. Amar-se do seu jeitinho que é solidifica a base para se melhorar cada vez mais sem ficar correndo atrás do que foi ditado pelas capas de revistas. Cada um descobre o que é bom para si.
Tem espaço para todas as belezas!
Com amor,
Regiane
Psicóloga CRP: 06/117895

 

 

 

-Regiane Romero

 Graduada em publicidade e propaganda pela Universidade Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP, em psicologia pela Universidade Metodista de São Bernardo do Campo, com pós-graduação em psicologia transpessoal pela Associação Luso-Brasileira de Transpessoal – Alubrat Brasil, realiza programas de cursos sobre empoderamento feminino pela Soul Mais Vida, desenvolveu o curso 10 Regras de ouro para Relacionamento Prósperos junto com o Instituto Avançado Maura de Albanesi e é tutora dos cursos: A Minha Missão e Academia da Mente.