Na era do mundo globalizado, a construção de uma boa imagem pessoal e social requer posturas, atitudes e hábitos convenientes. Sendo assim, quem conhece e respeita as regras da Etiqueta Contemporânea tem a habilidade de observar com mais propriedade os costumes de seus interlocutores, além de ter uma visão mais ampla, com maiores possibilidades de sucesso. E, por isso, conseguem distinguir boas maneiras, o grau de cortesia e o visual adequado. Já que a cordialidade é composta por um conjunto de ações e comportamentos apropriados como, por exemplo, ter a consciência de sempre respeitar o espaço do outro, ser tolerante, simpático(a) e empático(a), agradecido(a), disponível para ajudar, fazendo, sempre que propício, um elogio verdadeiro, ser capaz de se expressar e se comunicar adequadamente (sem gritar, ofender e/ou humilhar), saber acolher com um sorriso sincero, sem contar o uso constante de “palavrinhas mágicas” como: 'bom dia!', 'por favor', ‘com licença’, ‘obrigado(a)’, ‘desculpe-me!’, entre outras.

Praticar a gentileza nas relações diárias, como as familiares e sociais, cria uma integração que vai crescendo até se tornar um hábito. Dessa forma, o que faz a total diferença nos convívios sociais é ter boa apresentação e o trato agradável.

A utilização correta da Etiqueta leva as pessoas a portarem-se com autoconfiança, desenvoltura e naturalidade em qualquer situação, evitando que se percam boas oportunidades – em todos os sentidos – pelo desconhecimento de regras básicas de conduta.

No mundo atual, ter boas maneiras é um predicado cada vez mais valorizado. Saber se portar em qualquer ambiente é fundamental, já que para um bom convívio existem várias normas de etiqueta e cortesia, que nos orientam sobre a forma correta de agir em sociedade, sem causar possíveis conflitos e desavenças.

É importante ressaltar, entretanto, que a etiqueta evoluiu muito e suas regras tornaram-se mais flexíveis adequando-se às inovações tecnológicas dos meios de comunicação. Hoje, elas são mais simples e diretas, dando mais qualidade aos relacionamentos e colaborando na construção de uma imagem positiva.

É preciso saber tratar a todos com respeito, consideração e cordialidade e portar-se adequadamente em qualquer situação ou ambiente, uma vez que pessoas preocupadas com sua apresentação pessoal, sua habilidade nos relacionamentos interpessoais e seu traquejo social são as mais preparadas, seguras de si e, consequentemente, mais reconhecidas. Assim, não se pode esquecer que as boas maneiras são a base de toda relação e que sua prática é cada vez mais fundamental para o sucesso de todo e qualquer relacionamento.

Ter uma boa comunicação em apresentações, cumprimentos, conversas, telefones, celulares, e-mails, redes sociais e aplicativos de mensagens (netiqueta = etiqueta da “net”), é cada vez mais imprescindível.

A Imagem Pessoal Positiva inclui, além da etiqueta, cuidados com a aparência, apresentação pessoal, vestuário, jogo de cintura, postura, linguagem corporal, atitudes, linguajar, ética, empatia, além de habilidade nos relacionamentos interpessoais e no marketing pessoal.

Então, saber portar-se com autoconfiança e desenvoltura nas diversas situações de convívio, incluindo as que envolvem intercâmbio com pessoas de outras culturas, é imprescindível para se ter uma boa imagem social, evitando, assim, problemas decorrentes da não observação das regras básicas de conduta.

Enfim, compreende-se que o comportamento adequado encanta e gera plena satisfação SEMPRE e em todos os sentidos.


Por Profa. Ms. Idália Souto para Mon Âme
Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi – SP, bacharel em Relações Internacionais pela PUC-SP, com MBA em Economia do Turismo pela FIPE - FEA / USP e Especialização em Docência da Gastronomia pela Faculdade HOTEC e coach pela Sociedade Brasileira de Coaching.